Como escolher as melhores sementes para sua horta orgânica

Descubra como escolher as melhores sementes para sua horta orgânica

Uma maneira engenhosa que a natureza fez para perpetuar as espécies de vegetais por bilhões de anos foi o uso de estruturas chamadas de sementes. Podem ser de vários formatos e com diversas estratégias de disseminação no ambiente.

Existem sementes aladas que utilizam o vento como veiculo de disseminação no ambiente. Existe aquela com espinhos e que sobrevivem as mais diversas condições do clima ou aquelas que têm a casca tão dura que precisam de organismos para decompor sua casca para promover a germinação do embrião.

De acordo com as estratégias de disseminação são classificadas em:

Anemocóricas – são disseminadas pelo vento;

Zoocóricas – disseminadas por animais. As zoocóricas se dividem em Mamaliocoria (mamíferos), Mirmecoria (formigas) e Ictiocoria (peixes)

Hidrocórica – disseminada pela água;

Antropocoria – disseminadas pelo homem.

semente de cenoura microscopio
Sementes de Cenoura vistas ao Microscópio. (foto: Viktor Sykora )
sementes de alface
Sementes de Alface. (Foto: outofmyshed)
sangria-seeds-400
Sementes de Pimenta. (foto: old world garden farms)

Sementes de plantas do grupo das angiospermas são formadas basicamente pelas seguintes estruturas: Tegumento ou testa, Cotilédones, Caulículo e a radícula.

O tegumento é a casca da semente e tem a função de protegê-la contra o excesso de umidade, ataque de organismos e é por onde a semente realiza as trocas gasosas com o ambiente. É pelo tegumento também que a umidade necessária é absorvida para iniciar o processo de germinação.

O cotilédone tem uma função vital para a semente: reservar alimento para o desenvolvimento inicial do embrião. É ele quem irá fornecer a energia inicial necessária para que o embrião possa se desenvolver de modo saudável. Existem sementes com um único cotilédone (monocotiledôneas) e com dois cotilédones (dicotiledôneas)

Caulículo como o próprio nome diz, é o futuro caule da planta, é ele que dará a sustentação necessária para o desenvolvimento.

A radícula é a raiz primária, a futura raiz da planta. Em muitos casos, existe também no embrião, a plúmula que são folhas provisórias da planta que captam os primeiros raios solares para fazer a fotossíntese.

Uma boa semente deve ter essas estruturas integras para que todo seu vigor se reflita numa planta saudável gerando bons frutos na sua horta orgânica. Para você que compra sementes ou produz suas próprias é importante aprender sobre os quatro indicadores de uma boa semente.

brotamento (1)
Morfologia básica das sementes. (adaptado de mundo biológico)

Todas as empresas que produzem sementes são obrigadas por lei a exibirem em seu rótulo as informações de período de validade, lote que pertence a semente, pureza e germinação. Então no momento de comprar as sementes para sua horta, fique atento a todos esses indicadores de qualidade que vou detalhar agora.

O período de validade da semente

A validade é a garantia que o fabricante está te dando que aquela semente permanecerá viável até aquela data. Vejo muitas pessoas comprando sementes de outros países e até trocando com pessoas aqui do Brasil mesmo. Infelizmente já presencie vários casos de lojas vendendo sementes fora da validade.

Muitas vezes essa informação fica confusa para achar no rótulo, para as sementes de hortaliças elas estão impressas no verso da embalagem. Nesse exemplo as sementes são válidas até o mês de junho de 2016.

Lote de produção das sementes

Essa informação é muito importante tanto para a empresa quanto para o cliente. Se houver algum problema com a semente, com o numero do lote é possível saber a safra que originou essa semente, em que dia e horários elas foram beneficiadas, os tratamentos que a semente foi submetida e as regiões para onde foram despachadas.

indicadores qualidade sementes
Informações sobre a qualidade das sementes de Pimenta Cumari. (foto: Fabio Morais)

Germinação

A germinação é um dos parâmetros mais importantes no momento na escolha de sua semente. O valor dado na embalagem se refere a porcentagem de sementes que expressaram o potencial máximo de germinação para aquele lote. Os testes de germinação são realizados no laboratório em condições controladas e com metodologias padrões publicadas pelo Ministério da Agricultura.

Uma semente é considerada germinada quando desenvolve todas as estruturas necessárias ao crescimento de uma planta sadia, inclusive o embrião. Observe que a porcentagem de germinação para a Pimenta Cumari é de 80%. Isso significa que de cada 100 sementes testadas em condições de laboratório, pelo menos 80 vão germinar e dar origem a uma planta sadia.

Só lembrando que as condições reais de semeio podem interferir e muito na germinação como, por exemplo, a profundidade de plantio, a presença de organismos no solo que podem prejudicar a germinação.

A informação também é valida para estimar a quantidade de sementes que você irá precisar para sua horta orgânica. Nesse exemplo, o fabricante me informa que 1 grama de sementes de Pimenta Cumari contem aproximadamente cerca de 385 sementes.

A embalagem contem 150 mg de sementes, então quantas sementes viáveis teremos de acordo com o porcentagem de germinação?

Bem, teremos cerca de 57 sementes com 80% de germinação, ou seja, 45 sementes com potencial real de germinação. Se você precisa ter 200 plantas é bom comprar 5 pacotinhos de sementes, certo?

A germinação varia também com as características da própria espécie, é bem difícil encontrar sementes com 100% de germinação. Se você já teve esse experiência conte para gente!

Pureza da semente

Uma semente pura é aquela que expressa as características daquela espécie em exame. É um indicador que mostra que você não está comprando “gato por lebre”. O fabricante garante que 100% das sementes serão de Pimenta Cumari, não podendo haver misturas com outras sementes de espécies de pimentas ou qualquer outra impureza como restos terra, insetos e galhos.

Então, antes de escolher a semente observe esses indicadores de qualidade que tenho certeza que você estará no caminho certo no momento de planejar sua horta. Se precisar de uma ajuda na sua horta ou ficou alguma dúvida, deixe seu comentário que vou te ajudar dando dicas valiosas.

Quer receber os artigos da Universidade Orgânica no seu e-mail? 

Responsive image

Fabio Morais


Gosto do cheiro da terra molhada e tomar banho de chuva. Gosto da roça, do contato com a terra. Minha profissão! Engenheiro Agrônomo que ama a agricultura orgânica e agroecologia.

  • jeferson

    Bom dia. Como saberei se a semente não é transgênicas?

    • Fabio Morais

      Oi Jeferson. Se você compra a semente, o produtor é obrigado a exibir no rótulo essa informação. Mas sementes de hortaliças transgênicas, felizmente aqui no Brasil, nenhuma empresa comercializa. Outro método para saber é fazer analise em laboratório ou comprar kits de analise. O melhor é procurar empresas que produzem sementes orgânicas, aí você tem uma garantia maior que não é transgênica. Outra opção é pesquisar sobre grupos de trocas de sementes, eles multiplicam e mantem sementes crioulas, que são aquelas sementes tradicionais e mais adaptadas as condições da região.